Mês: Outubro 2017

Discurso do Presidente Pedro Ferreira na tomada de posse

Boa noite,

Permitam-me que inicie este discurso de tomada de posse manifestando a solidariedade da vila de Samouco para com as populações atingidas pelos incêndios dos últimos dias, e o apreço pelo incansável trabalho que milhares de bombeiros e outros intervenientes realizaram para minimizar os seus efeitos. Permitam-me que manifeste o nosso pesar pelas vidas humanas perdidas nesta catástrofe que assolou o país.

Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Alcochete,

Exmo. Sr. Presidente da Assembleia Municipal de Alcochete,

Exmas. Sras. Vereadoras e Srs. Vereadores da Câmara Municipal,

Exmo. Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Alcochete,

Exmo. Sr. Presidente da Junta de Freguesia de São Francisco,

Exmo. Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia de Samouco,

Exma. Sra. Presidente da Assembleia de Freguesia de Alcochete,

Exmo. Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia de São Francisco,

Exmas. e Exmos. membros da Assembleia de Freguesia de Samouco,

Exmo. Sr. Fernando Pinto, futuro Presidente da Câmara Municipal de Alcochete,

Exmo. Sr. e caro amigo Padre Jorge,

Exmo. Sr. Presidente da Associação Desportiva Samouquense,

Exmo.  Sr. Presidente da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense,

Exmo. Sr. Presidente do Sport Clube do Samouco,

Exmos. Srs. Diretores da Organização de Reformados, Pensionistas de Idosos do Samouco,

Exma. Sra. representante da Associação de Festas Populares do Samouco,

Exma. representante do Centro Social de São Brás,

Exmo. Coordenador do Grupo Sócio-Caritativo da Paróquia do Samouco,

Exma. Coordenadora do Jardim de Infância do Samouco,

Exma. Sra. representante da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Samouco,

Exmo. representante do Partido Comunista Português,

Exmo. representante do Partido Socialista,

Exmo. representante do Partido Social Democrata,

Exma. representante do CDS/PP,

Permitam-me que faça algumas saudações especiais:

À minha esposa, à minha Catarina e ao meu Ivo.

Agradeço-vos muito a paciência que têm para me aturar e o apoio insubstituível para assumir esta tarefa. Vocês sabem que têm um papel fundamental na minha vida.

Ao meu pai e à minha mãe.

É um orgulho enorme ter uns pais como vocês. Obrigado pela educação que me deram e pela forma como me ensinaram a encarar a vida. Por muito que queiram apagar, por muito que nos queiram caluniar, por muito que nos ofendam sem qualquer fundamento, o que é verdade é que muito do desenvolvimento do Samouco e do concelho de Alcochete deve-se a ti, pai.

Ao meu irmão, cunhada e aos meus sobrinhos,

À minha família,

Às minhas amigas e amigos,

Aos meus camaradas do Partido Comunista Português,

A todas mulheres e homens que integraram as listas da CDU, em particular a lista da Assembleia de Freguesia do Samouco,

Aos funcionários e colaboradores da Junta de Freguesia de Samouco,

À população do Samouco,

A todos os presentes,

Permitam-me que faça uma referência especial a todos aqueles e aquelas que integraram os diferentes órgãos autárquicos do concelho de Alcochete e que agora deixam as suas funções. Que saiam com o sentimento de dever cumprido.

Permitam-me saudar todos os candidatos que, durante estes dias, tomam posse nos diversos órgãos autárquicos do concelho. Desejo-vos as maiores felicidades nas vossas funções.

Permitam-me saudar os secretários da Junta de Freguesia que tive o prazer de trabalhar durante os dois mandatos anteriores. O António José e o Cristóvão.

Permitam-me saudar o meu camarada António Almeirim que, hoje, deixa de ser Presidente da Junta de Freguesia de Samouco.

Camarada, jamais esquecerei as tuas palavras quando te comuniquei o desafio que o nosso partido me tinha colocado. Jamais esquecerei a passagem de testemunho que efectuaste no passado dia 10 de Junho, aquando da apresentação de candidatos.

Podes ficar ciente que a tua experiência, o teu conhecimento, a tua capacidade de trabalho e a tua entrega a esta nobre causa, o servir a população, serão exemplos que terei sempre presentes.

Amigas e amigos,

As eleições autárquicas do passado dia 1 de Outubro deram novamente a maioria absoluta à CDU na Freguesia de Samouco. A única maioria absoluta nos diferentes órgãos do concelho de Alcochete.

A população do Samouco confiou novamente o seu voto na CDU, não se deixando influenciar por toda uma campanha orquestrada para apagar e denegrir o nosso trabalho.

Uma campanha da calúnia, dos ataques pessoais, da mentira, e por vezes do ódio, enfim, uma campanha do vale tudo.

Pois é, porque em política não pode valer tudo, estou certo, que mais cedo do que tarde a verdade virá ao de cima.

Foi triste, é muito triste, verificar a forma como alguns foram, cobardemente e refugiando-se nas redes sociais, insurgindo-se contra a minha família e contra os autarcas eleitos.

Foi triste, é muito triste, verificar como uma pessoa com responsabilidades no movimento associativo local e candidato por uma outra coligação se permitiu dizer: “Vejam os que eles tinham e o que eles agora têm”.

É caso para perguntar, o que pretendia esta pessoa ao candidatar-se?

Foi triste, é muito triste, verificar a forma como outro, com responsabilidades políticas e também candidato por uma outra coligação, se foi insurgindo, de forma negativa contra este importante órgão, a Assembleia de Freguesia de Samouco. Será que, caso fosse eleito, iria propor que as assembleias fossem realizadas sem que os eleitos tivessem que sair de casa?

Foi triste, é muito triste, verificar a forma de fazer política por parte de outros que, através da rede social Facebook, limitaram-se a esconder ou a denegrir o trabalho realizado.

Estou certo que um dia o grupo intitulado Samouco terá uma notícia positiva em relação ao trabalho da Junta de Freguesia.

Estou certo que todos os cobardes que se refugiaram em perfis falsos irão mudar os seus comentários falaciosos.

Foi triste, é muito triste, verificar que alguns que nunca deram nada ao Samouco ou às suas colectividades, mesmo quando, há muitos anos, foram bem sucedidos no mundo empresarial, apareçam com uma esperteza tamanha e a mando de outros, em mais uma tentativa de maldizer.

Foi triste, é muito triste, a forma como alguns candidatos se foram insurgindo e adjectivando os eleitos da CDU. Decerto que não somos uma corja, e a resposta a isso foi dada pela população do Samouco no passado dia 1 de Outubro.

As calúnias e as mentiras foram de tal ordem que se permitiram falar do local onde realizei o meu casamento.

As calúnias e as mentiras foram de tal ordem que se permitiram apresentar uma queixa anónima, e mais uma vez sem dar a cara, junto da Comissão Nacional de Eleições, sobre a realização do passeio do reformados pensionistas e idosos organizado pela Junta de Freguesia já há cerca de 30 anos.

Considero que todo este tipo de afirmações, e muitas que outros foram tendo, pela sua gravidade e irresponsabilidade, são bem reveladoras do objectivo que foi traçado, da personalidade e da pequenez dessas pessoas.

Talvez seria melhor analisarmos o trabalho, em prol do Samouco, daqueles que fizeram e fazem da calúnia, da mentira e do ataque pessoal a sua forma de estar.

Onde é que eles têm andado? Onde é que eles andam, senão no Facebook?

Seria bom que dessem a cara, que nos confrontassem cara-a-cara, que participassem na vida do Samouco.

Tem sido triste, é muito triste constatar que nada fizeram, que nada fazem, que em nada aparecem ou participam.

Que me desculpem todos os presentes, porque o dia é de festa. Esta é só uma pequena referência a alguns exemplos tristes da forma como se fez e se faz política.

Mas, caros amigas e amigos, podem ter a certeza que todas estas atitudes só nos fortaleceram, só nos fizeram unir em torno do nosso projecto, em torno dos nossos objectivos, em torno do nosso trabalho.

Aproveito também para agradecer a todos os que, com o seu entusiasmo, com as suas palavras de incentivo e com a sua participação activa durante a campanha eleitoral, nos transmitiram a confiança necessária para encarar esta batalha. Esta vitória muito se deve a vós.

Minhas amigas, meus amigos,

Permitam-me agradecer e manifestar a grande satisfação da vossa presença nesta sessão de tomada de posse da Junta e Assembleia de Freguesia de Samouco e o enorme orgulho desta tarefa que a população me confiou, nos confiou.

Tal como manifestei, aquando da apresentação de candidatos, aqueles que me conhecem sabem que sou um apaixonado pelo Samouco, sabem que vivo e que amo, de forma intensa, a minha terra, a nossa terra, esta terra de gente boa.

A nossa experiência, a nossa honestidade, a nossa competência e a nossa capacidade de trabalho, permitem-nos encarar este compromisso com a confiança, determinação, disponibilidade e com a mesma responsabilidade de sempre, para fazer mais, para fazermos cada vez melhor, para convosco podermos continuar a fazer do Samouco uma vila onde continue a dar gosto residir e visitar, honrando o nosso programa eleitoral.

Ao contrário de outros, podem ter a certeza que não perderemos a nossa coerência na defesa dos interesses da nossa população, dando voz e reivindicando junto de diversos organismos as suas necessidades.

Tal como demonstrámos recentemente, nos casos da instalação do multibanco e na reposição das horas da médica na Extensão do Centro de Saúde de Alcochete na Freguesia de Samouco, o nosso trabalho reivindicativo produz resultados positivos.

Porque nunca nos contentamos com o que temos, porque queremos sempre mais, porque somos por natureza reivindicativos, podem ter a certeza, que continuaremos o nosso trabalho, junto de organismos públicos ou privados, tendo como propósito servir melhor a causa comum da nossa população.

Continuaremos a nossa luta para que, de uma vez por todas, se regulamente a captura e o comércio da amêijoa japónica e que exista um maior controlo e intervenção sobre a forma como a zona da nossa praia é utilizada.

Continuaremos a nossa luta por mais e melhores cuidados de saúde na Extensão do Centro de Saúde de Alcochete na Freguesia de Samouco.

Continuaremos a nossa luta por um policiamento de proximidade na Freguesia num diálogo permanente com as forças de segurança, no sentido de se obter um maior acompanhamento e uma maior segurança dos cidadãos e dos seus bens.

Também, junto da Câmara Municipal, continuaremos a reivindicar a necessidade de algumas intervenções na nossa freguesia. A título de exemplo, falo:

– Da Rua 1.º de Dezembro, com substituição das infraestruturas de águas e saneamento;

– Da construção do reservatório apoiado no Samouco;

– Da requalificação das instalações e arrelvamento do Campo de Futebol da Quinta da Praia;

– Da Requalificação do Pavilhão Desportivo Municipal, esperando a sua conclusão até final de Abril do próximo ano;

– Da remodelação dos sanitários públicos da Praça da República no Samouco;

– Da repavimentação de algumas ruas;

– E da higiene urbana.

E não julguem que as nossas reivindicações se devem à mudança do executivo municipal. Que o digam os autarcas aqui presentes quantos contactos, quantas reuniões, quantos e-mails, quantos telefonemas efectuámos, para que os problemas da nossa vila fossem resolvidos.

Desconhecendo o processo, e tendo a certeza que não será a solução que melhor defende os interesses da nossa região e do nosso país, mas caso a decisão venha a recair sobre a instalação do Novo Aeroporto na Base Aérea do Montijo, queremos ser envolvidos no processo de decisão, apresentando e debatendo soluções que possam reduzir ao máximo os impactos negativos sobre a nossa vila.

É assim que sabemos estar, é assim que iremos continuar a estar, e podem estar certos que não descansaremos e trabalharemos para um Samouco melhor.

Amigas e amigos,

Como é do vosso conhecimento o nosso projecto autárquico, sufragado pela população no passado dia 1 de Outubro, assentou na afirmação da nossa identidade e na defesa dos aspectos culturais, educacionais, desportivos e sociais característicos do Samouco.

Apoiaremos programas e serviços disponíveis à população e privilegiaremos as relações institucionais, mobilizando entidades e a população em torno das necessidades locais, fomentando a sua participação na vida pública da nossa Freguesia.

Melhoraremos a informação e imagem da Freguesia, os serviços prestados à população e as condições de trabalho dos nossos funcionários, procedendo também a algumas melhorias nos edifícios de responsabilidade da Junta de Freguesia.

Realizaremos investimentos que dotem o espaço público de melhores condições, contribuindo para que sejam locais aprazíveis, de lazer e de divertimento, reconhecido por aqueles que o frequentam e/ou visitam, promovendo, ao mesmo tempo, acções para um ambiente mais saudável.

No que concerne à cultura, continuaremos a desenvolver a nossa intervenção numa política de organização e promoção de iniciativas que permitam à população ter mais próximo de si o acesso a actividades culturais diversificadas.

No desporto e juventude, e entendendo a prática desportiva como factor de desenvolvimento educativo e social, bem como pilar de um estilo de vida saudável, promoveremos actividades desportivas que envolvam a comunidade de forma harmoniosa e integrada.

Reconhecendo o movimento associativo como peça basilar no desenvolvimento da cultura, desporto, educação e acção social da nossa Freguesia, continuaremos a apoiar as actividades por si desenvolvidas, promovendo formas de participação conjunta na organização de iniciativas. Queremos estar mais próximo e participar mais activamente nas iniciativas desenvolvidas pelo movimento associativo.

Aproveito aqui para fazer um parênteses para informar que, na próxima semana iremos solicitar a todas as colectividades uma reunião, nas suas instalações, a fim de conhecermos melhor a sua actividade, os seus objectivos, preparando assim o futuro.

Na educação pautaremos a nossa actuação no incremento do bom relacionamento com a comunidade educativa no sentido de promover e dinamizar um leque de actividades que incidam em diversas vertentes do processo educativo das nossas crianças.

Para a concretização destes objectivos, com a certeza que continuaremos a contar com o apoio incondicional da Câmara Municipal de Alcochete, e tendo por base a promoção da coesão territorial, a aproximação das decisões e a melhoria dos serviços prestados à população, a racionalização dos recursos e o aumento da eficiência, estaremos disponíveis para analisar, em conjunto e com a maior brevidade, o Acordo de Execução para a delegação de competências da Câmara Municipal na Junta de Freguesia de Samouco, ferramenta que consideramos ser primordial para o desenvolvimento da nossa actividade.

Amigas e amigos,

Esta equipa, que me orgulho pertencer, é uma equipa experiente, unida, interventiva, combativa, confiante e com provas dadas.

Estamos preparados, conhecemos a realidade, convosco construiremos soluções.

O Samouco mostrou e provou que continua a precisar do nosso trabalho, da nossa honestidade e da nossa competência.

Fiquem cientes que não iremos esquecer esta noite, a vossa presença, a vossa força, a vossa participação e envolvência são um forte contributo para concretizarmos os nossos objectivos.

Vamos ao trabalho!

Viva a Freguesia do Samouco!

 

 

Junta de Freguesia do Samouco: painel

Estrutura do multibanco adornada com painel de azulejos

A estrutura em betão que alberga o ATM da nossa vila – vulgo multibanco – foi decorada hoje, dia 19 de Outubro, com um quadro de azulejos pintados com a imagem da praia do Samouco.

Esta foi uma iniciativa da Junta de Freguesia, em colaboração com a Srª Lucinda Pereira, residente no Montijo, professora de artes, actualmente reformada. O pedido foi feito no início de Setembro e a obra final está agora à vista para apreciação de todos.

Informamos a todos que a estrutura é da jurisdição da Caixa Agrícola e o painel só foi colocado depois da devida autorização. Por motivos de segurança, segundo a Caixa Agrícola, o bunker não pode ser pintado.

O serviço ATM voltou à nossa vila na segunda semana de Setembro, depois de os dois multibancos de que dispúnhamos terem sido assaltados e destruídos em Dezembro de 2016.

A Junta de Freguesia do Samouco

Junta de Freguesia do Samouco: tomada de posse

Tomada de posse do novo executivo será no dia 21 de Outubro

Informa-se toda a população que a tomada de posse dos novos órgãos autárquicos da Junta de Freguesia do Samouco será no sábado, dia 21 de Outubro, pelas 21h00, uma cerimónia que se realizará no Salão Nobre.

Nesta sessão será dado a conhecer à população a composição do executivo da Junta de Freguesia e os membros da Assembleia de Freguesia, assim como os projectos para este mandato.

A sessão é pública e o convite dirigido a todos.

Compareça!

A Junta de Freguesia do Samouco

Resultados das eleições autárquicas de 2017 na freguesia do Samouco

Embora os resultados estejam expostos desde dia 1 de Outubro no edital da Junta de Freguesia, disponibilizamos agora no nosso site a contagem detalhada dos votos na freguesia do Samouco.

Os gráficos foram retirados do site dedicado às autárquicas 2017, que pode consultar aqui para conhecer os dados correspondentes ao concelho de Alcochete e obter mais informações.

Junta de Freguesia do Samouco: resultados autárquicas
Resultados na Freguesia do Samouco para a Assembleia de Freguesia. Fonte: www.autarquicas2017.mai.gov.pt.

 

Junta de Freguesia do Samouco: resultados autárquicas
Resultados na Freguesia do Samouco para a Câmara Municipal. Fonte: www.autarquicas2017.mai.gov.pt.

 

Junta de Freguesia do Samouco: resultados autárquicas
Resultados na Freguesia do Samouco para a Assembleia Municipal. Fonte: www.autarquicas2017.mai.gov.pt.

Junta de Freguesia do Samouco: Biblioteca

Informação: Cartão de leitor da Biblioteca da Junta de Freguesia

O cartão de leitor da nossa Biblioteca pode ser feito no local, de forma rápida e gratuita, mediante a apresentação de:

  • Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade;
  • Fotografia de identificação;
  • Comprovativo de morada;

Lembramos que este cartão é indispensável para a requisição de livros, DVD’s e outruos materiais disponíveis na nossa Biblioteca.

Se ainda não visitou este espaço, pode fazê-lo e consultar a variedade de temáticas e géneros literários que temos disponíveis para si. Entre as temáticas destaca-se Sociologia, Política, História de Portugal e do Mundo, Ciências Aplicadas, Matemática, Língua Portuguesa, entre outras, com um conjunto de obras ideais para estudantes do secundário e universitários.

Junta de Freguesia do Samouco: BibliotecaJunta de Freguesia do Samouco: BibliotecaJunta de Freguesia do Samouco: Biblioteca

Disponibilizamos igualmente os nossos computadores para uso pessoal.

Venha conhecer a nossa Biblioteca!

Junta de Freguesia do Samouco: Bombeiros Voluntários

Junta de Freguesia deu o seu contributo à causa dos Bombeiros Voluntários de Alcochete

No passado dia 27 de Setembro, a Junta de Freguesia deu o seu apoio aos Bombeiros Voluntários de Alcochete através de uma doação monetária para a ajuda na aquisição de uma nova viatura.

Esta doação vem na sequência da campanha de angariação de fundos que os Bombeiros Voluntários de Alcochete têm em marcha, com vista a adquirir uma nova viatura mais moderna e com melhores condições no sentido de melhorar a qualidade de resposta às populações.

De realçar que os Bombeiros Voluntários de Alcochete, Instituição de Utilidade Pública, estão desde 1948 ao serviço da população do concelho. É sabido que as Associações de Bombeiros vivem da cotização dos seus associados e dos apoios camarários e empresariais, que, ainda que preciosos, muitas vezes ficam aquém das reais necessidades da corporação.

Para todos aqueles interessados em colaborar estão espalhadas caixas para donativos nos pontos de comércio e escolas do concelho. Informamos ainda que no dia 27 de Outubro, sexta-feira, se realiza no Fórum Cultural de Alcochete a 2ª Gala Solidária a favor dos Bombeiros Voluntários de Alcochete.

Ser solidário parte de todos nós.

A Junta de Freguesia do Samouco