Mês: Fevereiro 2019

Crianças alegram o nosso Carnaval

Na próxima sexta-feira, 1 de Março, pelas 10h00, as crianças dos nossos estabelecimentos de ensino desfilam por algumas artérias da nossa vila, brincando ao Carnaval.

Uma iniciativa organizada pela Junta de Freguesia de Samouco e pelo Agrupamento de Escolas de Alcochete, que permitirá a todas as crianças dos nossos estabelecimentos de ensino e do CENSA um clima de grande animação e folia. 

O desfile terminará na Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense, entidade que, uma vez mais, se associa a esta iniciativa através da cedência das suas magnificas instalações, e a quem muito agradecemos.

Numa terra de fortes tradições carnavalescas, o desfile das crianças dará o início a vários dias de festejos, onde os bailes da Sociedade terão também momentos de grande alegria, folia e criatividade na escolha dos fatos.

Internet Segura – Crianças foram sensibilizadas para os perigos da Internet

A Biblioteca da Junta de Freguesia do Samouco recebeu, no dia 20 de Fevereiro, as nossas crianças do 3º e 4º ano da Escola EB1 do Samouco, em mais uma actividade, desta vez com o tema: Internet Segura.

Esta iniciativa teve como objectivo sensibilizar e despertar os nossos jovens para os perigos a que podem estar expostos e transmitir métodos de utilização da Internet de forma responsável e segura.

Aqui ficam alguns conselhos que foram transmitidos:

– Não falar com estranhos;

– Não aceitar convites de quem não conheces;

– Não publicar o teu nome, endereço, telefone, nome da escola;

– Não colocar fotos tuas;

– Cuidado com os aplicativos e publicidade que promete presentes, normalmente é para te enganar;

– Respeita os teus amigos e não contribuas para o Ciber bullying;

– A segurança na Internet depende de ti, por isso, fica muito atento;

Exposição “Embarcações do Mundo e outras colecções”

Por Jorge Manuel Rocha de Oliveira Rezendo, habitante do Samouco, que nasceu na zona histórica de Alcochete.

Por esse motivo, desde pequeno, desenvolveu uma adoração especial pelo mar e por barcos, facto este que é fortemente incrementado pela profissão do seu pai, que era calafate. Ao longo de muitos anos, Jorge Rezendo habituou-se a ver seu pai a calafetar (tapar) as juntas do casco de qualquer embarcação em madeira e estopa (linho ou sisal) para tapar as referidas juntas entre o tabuado, levando depois um banho de breu (alcatrão) para a impermeabilização das mesmas, tendo o mesmo trabalhado em diversos estaleiros. O último e durante mais de vinte anos no estaleiro Jaime Ferreira da Costa, em Sarilhos Pequenos, actualmente Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos Jaime Ferreira da Costa e Irmão, Lda., pertença do filho, local onde, por exemplo, foi construída a embarcação célebre de Alcochete, o Bote Leão.

A sua adoração era de tal forma intensa que, depois das aulas, passava o seu tempo no referido estaleiro e, consequentemente, junto ao mar e aos barcos, tendo adquirido o gosto pela construção de embarcações, através do modelismo naval e, mais recentemente, como artesão na construção da réplica do Bote Leão.

Torna-se também um apaixonado pelo coleccionismo, fazendo colecções de tudo um pouco, desde carros, cromos, banda desenhada, soldados de chumbo, baralhos de cartas, canetas, isqueiros, entre outros, tendo descoberto, mais recentemente, a paixão pela fotografia.

Por volta do ano de 1972, com dezoito anos de idade, começa a frequentar o Samouco, nos bailes da Sociedade e do Clube, motivo que o leva a dizer que: “foi através desses bailes que por aqui fiquei, ou seja, aqui namorei, aqui casei, aqui fui pai, aqui fui avô e aqui estou.”

Com esta exposição, Jorge Rezendo, que também adoptou o Samouco como a sua terra, pretende dar a conhecer os seus trabalhos e algumas das suas colecções, facto este que constitui motivo de orgulho para a Junta de Freguesia de Samouco.

“Embarcações do Mundo e outras colecções” pode ser visitada de 16 a 28 de Fevereiro, no Salão Nobre da Junta de Freguesia do Samouco.