Mês: Dezembro 2019

Junta de Freguesia do Samouco: brasão

Assembleia de Freguesia aprova Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2020

A Assembleia de Freguesia aprovou, na sessão realizada no dia 23 de Dezembro, por maioria com votos a favor da bancada da CDU e votos contra das bancadas do PS e do PSD, as Grandes Opções do Plano e o Orçamento para o ano de 2020, no valor de 102.798,93 euros.

As Opções do Plano e Orçamento aprovados refletem propostas de intervenção com o objetivo cimeiro de promover mais e melhor qualidade de vida para todos aqueles que vivem ou visitam a Vila do Samouco. Refletem também, a confiança com políticas e medidas concretas que não porão em causa as contas da freguesia, o rigor da gestão, a equidade no exercício de um Poder Local Democrático.

Nos documentos aprovados destacam-se diversos investimentos como a colocação de uma cobertura/alpendre na Extensão do Centro de Saúde de Alcochete no Samouco, para abrigar os utentes durante o período de espera para marcação de consultas, o projeto “Acessibilidade para todos no Samouco” através do rebaixamento de lancis junto às passadeiras ou elevação das mesmas, a substituição de alguns equipamentos de ginástica ao ar livre, localizados na Praia Fluvial e na Alameda da Praia e a remodelação da Praça José Coelho.

De destacar ainda a realização de rastreios à população, em diversas áreas como a glicemia, colesterol, pressão arterial, pulso periférico e a promoção de colheitas de sangue, o desenvolvimento do projeto CED – Capturar, Esterilizar e Devolver, iniciativa que procurará envolver os cuidadores das colónias de gatos existentes na freguesia, sendo um método eficaz de controlo das mesmas e de redução das populações felinas silvestres e o funcionamento do Gabinete de Consulta Jurídica à população.

No ano de 2020, serão diversas as realizações que serão desenvolvidas, com destaque para a comemoração de datas e efemérides como o dia internacional da Mulher, o dia da Juventude, o 25 de Abril, o dia Mundial da Criança, a elevação do Samouco à categoria de Vila e o Natal, as “Noites de Verão”, de exposições temáticas, da “Feira Samouqueira”, iniciativa que tem por finalidade promover a exposição, venda, compra e troca de artigos em segunda mão, nomeadamente: livros, brinquedos, mobiliário, discos, moedas, selos, acessórios, roupas, porcelanas, do passeio anual dos reformados, pensionistas e idosos da freguesia, das “Férias Desportivas” e “Uma noite no Pavilhão”, da 5ª edição do concurso de desenho “Samouco nas mãos de uma criança”, do desfile de Carnaval e a festa de Natal das crianças do jardim-de-infância, da escola do ensino básico e do CENSA e da Assembleia de Freguesia Infantil.

A Junta de Freguesia continuará a prestar o apoio a todas as coletividades da freguesia, à Comissão das Festas Populares do Samouco, à Associação Humanitária Bombeiros Voluntários de Alcochete e à CERCIMA.

Continuará também o seu trabalho reivindicativo, junto dos organismos competentes, para que a Extensão do Centro de Saúde de Alcochete no Samouco seja dotada de mais e melhores serviços de saúde, para a existência de um Posto/Loja de Correios e de um policiamento de proximidade na Freguesia.

Na Assembleia de Freguesia foi ainda aprovado, por maioria com votos a favor da bancada da CDU e votos contra das bancadas do PS e do PSD, o mapa de pessoal para o ano de 2020.

O executivo da Junta de Freguesia lamenta a atitude irresponsável e silenciosa dos eleitos da oposição em relação a todos os pontos da Assembleia de Freguesia, não se manifestando sobre o seu sentido de voto ou discutindo qualquer ponto.

Esta é uma data que, para nós autarcas e para a população do Samouco, deve ser encarada com enorme orgulho”

No passado dia 15 de Dezembro o Salão Nobre da Junta de Freguesia foi palco da sessão solene comemorativa do 15º aniversário da elevação do Samouco à categoria de vila.

 Em 9 de Dezembro de 2004, a Assembleia da República, aprovou por unanimidade, um projecto de Lei, com um artigo único: A localidade de Samouco, sede de freguesia do mesmo nome, no concelho de Alcochete, é elevada à categoria de vila.”

O Presidente da Junta de Freguesia referiu que “esta é uma data que, para nós autarcas e para a população da Freguesia de Samouco, deve ser encarada com enorme orgulho… que nos marca, que nos move de grande alegria, que nos enche de orgulho.”

Orgulho porque, hoje relembramos a evolução da nossa terra ao longo dos anos, a forma como foi crescendo, como a população foi tendo melhores condições de vida e como se foi dotando de equipamentos. Orgulho, porque hoje também relembramos e reconhecemos o papel das colectividades, de uma das mais importantes conquistas de Abril, do Poder Local Democrático e o trabalho de mulheres, de homens e de instituições que muito contribuíram para que fosse possível termos atingindo este estatuto que muito nos honra.”

Aproveitou para sublinhar que “estamos numa altura em que o Poder Local Democrático continua a ser fortemente atingido, onde se assiste ao empurrar de encargos para as autarquias e a um desresponsabilizar do Estado num processo de descentralização que agravará desigualdades e prejudicará a população” e que “as freguesias necessitam de um quadro de competências próprio, claro, universal, preciso e delimitado das freguesias (com os respectivos meios), pois constitui atribuição inata das mesmas a prossecução dos interesses das populações, mediante as necessidades colectivas de cada comunidade.”

Destacou que “descentralizar envolve a regionalização, pois sem a qual não haverá uma delimitação coerente de competências entre os vários níveis de administração, incluindo a transferência de poderes para planear, programar e executar as infraestruturas e equipamentos necessários.”

Lamentou ainda “os constrangimentos que, a todo o custo, diariamente alguns nos tentam impor, na certeza de que continuaremos a nossa gestão autárquica com confiança, determinação, e disponibilidade, de forma séria, empenhada, transparente, rigorosa e exigente, de equidade, tendo presentes os desígnios do Trabalho, Honestidade e Competência, factores essenciais para encararmos este compromisso para fazer mais, para fazermos cada vez melhor, para com a população podermos continuar a fazer do Samouco uma vila onde continue a dar gosto residir e visitar.”

Nas comemorações do 15º Aniversário da Elevação do Samouco à categoria de Vila, o Executivo da Junta de Freguesia, reconheceu e agradeceu publicamente o enorme trabalho e o contributo da direcção da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense, para a promoção da cultura da nossa terra.

Pedro Ferreira, aproveitou a cerimónia para recordar que “o dia 1 de Dezembro de 2019, o dia do centenário da Sociedade Filarmónica, me marcará, nos marcará, para sempre. Um dia de enorme orgulho, emoção e satisfação que são indescritíveis.”, sublinhando que foi “um dia repleto, que começou com a inauguração do monumento aos 100 anos Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense, cumprindo o executivo da Junta de Freguesia mais uma promessa eleitoral sufragada pela população em Outubro de 2017.”

Referindo-se à direcção da Sociedade Filarmónica, enalteceu o trabalho de “um grupo de pessoas que, diariamente, faz desta uma colectividade com uma actividade intensa, múltipla e vitalidade invejáveis… que, diariamente, se empenha, trabalha, veste a camisola, rouba tempo à família, perde dias e noites, concorrendo para um objectivo comum, elevar o nome da Sociedade Filarmónica e, consequentemente, da vila de Samouco.”

A sessão solene foi ainda abrilhantada pelo Ensemble de Clarinetes e Percussão da Sociedade Filarmónica, que, de forma sublime, alegrou todos aqueles que marcaram presença.

Confira aqui as fotografias:

Comemorações do 15º Aniversário de Elevação do Samouco a vila

Decorrem este domingo, dia 15, as comemorações do 15º Aniversário de Elevação do Samouco à categoria de vila. Foi no dia 9 de Dezembro de 2003, há 15 anos, que a Assembleia da República aprovou por unanimidade a elevação do Samouco à categoria de Vila.

A 30 de abril de 2003 foi entregue, por cinco deputados do Partido Comunista Português na Assembleia da República, o Projecto de Lei nº 283/IX, datado do dia anterior, com o seguinte título – Elevação do Samouco, no concelho de Alcochete, à categoria de vila.

Para comemorar esta data que tanto nos apraz e enche de orgulho toda a população do Samouco, realiza-se dia 15, Domingo, pelas 15h30, uma sessão solene, com discursos do Presidente da Junta de Freguesia do Samouco, Pedro Ferreira e da Câmara Municipal de Alcochete, Fernando Pinto, seguido de um Reconhecimento público à direcção da Sociedade Progresso & Labor Samouquense que, no passado dia 1 de Dezembro, celebrou o seu 100º Aniversário.

O apontamento musical fica a cargo da Ensemble de Clarinetes da SFPLS, terminando a cerimónia com o corte do bolo de aniversário.

Convidamos toda a população a estar presente!

Estátua do Cavador

Samouco é vila há 15 anos!

15º Aniversário da Elevação do Samouco à categoria de Vila

Celebram-se hoje, 9 de Dezembro, 15 anos que a Assembleia da República, aprovou por unanimidade, a elevação de Samouco à categoria de Vila.

Em 30 de Abril de 2003 foi entregue, por cinco deputados do Partido Comunista Português na Assembleia da República, o Projecto de Lei nº 283/IX, datado do dia anterior, com o seguinte título – Elevação do Samouco, no concelho de Alcochete, à categoria de vila.

Além de razões de ordem histórica e da enumeração de equipamentos colectivos, de serviços e das associações, o Projecto de Lei concluía o seguinte:

Assim, quer pela diversidade de equipamentos, quer pelas actividades económicas e sociais e pelas potencialidades urbanísticas em desenvolvimento, Samouco possui os requisitos estabelecidos pela Lei n.º 11/82, de 2 de Junho, para ser elevada à categoria de vila, pelo que os Deputados do Partido Comunista Português abaixo-assinados, ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, apresentam o seguinte projeto de lei:

Artigo único – A localidade de Samouco, sede de freguesia do mesmo nome, no concelho de Alcochete, é elevada à categoria de vila.

Esta é uma data que deve ser encarada com enorme orgulho, porque comemorar a elevação do Samouco à categoria de Vila é relembrar a evolução da nossa terra ao longo dos anos, a forma como foi crescendo, como a população foi tendo melhores condições de vida, como se foi dotando de equipamentos. É reconhecer o papel das colectividades e uma das mais importantes conquistas de Abril, o Poder Local Democrático.

A sessão solene das comemorações realiza-se no próximo dia 15 de dezembro, Domingo, um momento onde será reconhecido o trabalho da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense, através da sua actual direcção.