NOVAS INFORMAÇÕES: Junta de Freguesia já se reuniu com ACES Arco Ribeirinho

Junta de Freguesia do Samouco: centro de saúde

A Junta de Freguesia do Samouco reuniu, esta manhã, com o ACES Arco Ribeirinho e representantes do Centro de Saúde de Alcochete, com vista a procurar esclarecimentos e soluções para o encerramento do Centro de Saúde do Samouco, que é agora (e apenas) Centro de Avaliação e Tratamento de doentes COVID-19.

A Junta de Freguesia foi assim informada que os motivos para a escolha do nosso Centro de Saúde para ser este Centro de Avaliação e Tratamento de doentes COVID-19 da região de Montijo e Alcochete se deve às condições do espaço, à segurança dos profissionais de saúde e dos utentes, e também por orientações superiores.

Voltamos a lamentar o facto de nunca a Junta de Freguesia ter sido informada à priori desta decisão, assim como não fora informada do encerramento sem aviso prévio do Centro de Saúde dias antes. Apresentámos também o nosso desagrado com a escolha deste local, essencial à população da nossa vila, pela sua localização no núcleo populacional e por existirem utentes que ficam, assim, privados de cuidados básicos que necessitam, muitos até semanalmente.

Apresentámos também soluções, como a utilização de espaços desportivos e culturais nos concelhos de Alcochete e do Montijo, que não prejudicariam a população do Samouco e o seu acesso a estes cuidados de saúde. A Junta de Freguesia sabe da importância da criação destes centros de controlo da pandemia, mas não está de acordo com a escolha do local por parte do ACES Arco Ribeirinho e manifestou-o por diversas vezes.

Fomos, contudo, informados de que não está pensada nenhuma alternativa ao nosso Centro de Saúde.

Nesse sentido, a Junta de Freguesia dispobilizou-se desde logo a cooperar e procurar soluções para amenizar os constrangimentos que esta decisão traz à nossa população. Como tal, uma vez que nem todas as consultas no Centro de Saúde de Alcochete serão presenciais mas sim via telefónica, a Junta de Freguesia disponibiliza-se a:

1) Recepcionar, via telefone ou e-mail, as necessidades de receituário que existem por parte da população e fará a ponte entre o utente e o Centro de Saúde de Alcochete, pensando no caso daqueles que poderão ter mais dificuldades.

2) Digitalizar e enviar para o Centro de Saúde de Alcochete os exames dos utentes, considerando que esta forma é mais fácil do que ditar os resultados pelo telefone, algo que nem todos conseguirão fazer. Depois, o médico entrará em contacto com o utente, por chamada telefónica.

3) No caso de transporte em caso de extrema necessidade, nomeadamente para aqueles que necessitam de se deslocar semanalmente ao Centro de Saúde, a Junta de Freguesia entrou em contacto imediato com a Câmara Municipal de Alcochete para, em conjunto, se conseguir encontrar uma solução de transporte viável para estas pessoas.

Apesar de continuarmos a discordar e ainda não compreendermos os motivos desta decisão, queremos encontrar as melhores soluções para a nossa população, que merece mais consideração por parte das autoridades de saúde. De referir que o Centro de Saúde sempre foi uma preocupação deste executivo e nunca deixámos de reivindicar mais e melhores cuidados de saúde para todos.

Esperamos que, depois do que estão a exigir da população do Samouco, não sejamos esquecidos e possamos, no futuro, ter os cuidados de saúde dignos que a vila do Samouco merece.

0 Comentários

Ainda não existem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *