Notícias

Junta de Freguesia do Samouco volta a apoiar no preenchimento e entrega das declarações de IRS

Sendo obrigatória a entrega da declaração de IRS através do Portal das Finanças, pela Internet, e tal como o ano anterior, a Junta de Freguesia do Samouco irá apoiar a população no preenchimento e entrega da referida declaração relativa ao ano de 2018. 

Entre 3 de Abril e 30 de Junho, as pessoas singulares, trabalhadores dependentes, pensionistas e reformados, recenseados na nossa freguesia e titulares dos rendimentos das Categorias A (Trabalho Dependente) e H (Pensões) poderão dirigir-se às instalações da Junta de Freguesia, a fim de serem auxiliados neste processo.

Consideram-se não incluídos neste apoio os titulares que tenham auferido outro tipo de rendimentos, como de Trabalho Independente (regime simplificado, acto isolado ou contabilidade organizada), de Capitais, Prediais (rendas), de Mais-Valias e Outros Incrementos Patrimoniais (títulos de investimento, como acções), de Herança Indivisa ou Obtidos no Estrangeiro.

O apoio será realizado no seguinte horário: de segunda a sexta-feira – das 10H às 12H e das 14.30H às 17H.

Para mais informações, consulte a Junta de Freguesia através do 21 231 5597.

Workshop de Cola Quente – Sala do Coreto

O Centro Comunitário Cais do Sal, em conjunto com a Cercima, promove um Workshop intitulado “Cais Art – Workshop: Cola Quente”, no dia 1 de Abril, das 14h30 às 17h00 na Sala do Coreto, no Samouco.

O Workshop é gratuito, mediante inscrição através do 21 234 03 80 ou através do e-mail caisdosal@cercima.pt.

Junta de Freguesia melhora espaço exterior da Igreja de São Brás

Após cerca de dois anos, em que foram executadas as pinturas dos muros da igreja, da zona da sacristia e da parte a tardoz da Igreja de São Brás, a Junta de Freguesia volta a intervir neste monumento de importância extrema da vila do Samouco, uma medida que se enquadrou no programa simbólico de comemorações das Festas Populares do Samouco 2020.

Desde final do mês de junho foram executados um conjunto de intervenções, de onde se destacam a limpeza das pedras, a pintura dos muretes, da rampa de acesso e dos vasos e a colocação de plantas, que visaram melhorar o aspeto exterior da Igreja de São Brás.

No âmbito destas intervenções foi ainda solicitado à Câmara Municipal a necessária intervenção na reparação dos projetores, que permitirá iluminar e destacar toda a beleza exterior da nossa igreja. 

De forma diferente, Festas Populares tiveram um enorme significado para a população

Quando, no final do mês de maio, a Junta de Freguesia “desafiou” a Igreja Paroquial de São Brás e a Associação de Festas Populares do Samouco para assinalar as Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo, tínhamos a consciência plena que, apesar dos constrangimentos existentes, não poderíamos deixar “passar em claro” esta celebração de um significado ímpar para a nossa população.

Para a Junta de Freguesia, foi um grande orgulho a forma peremptória como as entidades parceiras acolheram de braços abertos o “desafio” colocado e entenderam a importância do mesmo.

Durante, cerca de um mês, colocámos “mãos-à-obra” e desenhámos, sempre em estreita colaboração, um pequeno programa que procurasse marcar, de forma muito digna, as nossas Festas.

Ao longo destes cinco dias, aqueles que continuamos a considerar os maiores da vida do Samouco, pudemos constatar um sentimento indescritível, visível nos rostos da nossa população, bem patente pela forma como aderiu às diferentes iniciativas que integraram o programa.

Sentimento indescritível, quando olhámos para a alegria daqueles que estiveram presentes aquando a iluminação da Igreja de São Brás.
Sentimento indescritível, quando constatámos a alegria, a emoção, o “arrepio no corpo” e a lágrima ao canto do olho daqueles que, de forma ordeira, nas varandas, janelas, portas, em todas as ruas e praças do Samouco, dançaram, pularam e aplaudiram o momento musical que preparámos para a noite de Sábado.
Sentimento indescritível, na forma empenhada das gentes que prepararam o momento religioso e naqueles que, apesar do intenso calor que se fez sentir, não deixaram de marcar presença na missa solene em Louvor de Nossa Senhora do Carmo, que encheu a nossa Praça da República na manhã de domingo.

Neste momento de balanço, não podemos deixar de agradecer:
– Aos elementos da Associação de Festas Populares do Samouco, pela forma como integraram esta parceria e na colaboração no momento religioso;

– À Igreja Paroquial de São Brás, na pessoa do nosso pároco Jorge Lages de Almeida, colaboradores dos grupos afectos à igreja, pela forma como integraram a parceria, como preparam e proporcionaram um momento religioso único;

– À Câmara Municipal de Alcochete, pela cedência de baias e pela emissão da licença especial de ruído para o momento musical e do edital de alteração do trânsito;

– À Câmara Municipal da Moita, pela cedência e montagem da estrutura de apoio ao momento religioso;

– A sua Excelência Reverendíssima, o Sr. Dom José Ornelas, Bispo de Setúbal e Presidente da Conferência Episcopal, pela forma imediata como aceitou o convite e presidiu ao momento religioso;

– À GNR, pelo acompanhamento dos momentos musical e religioso;

– À Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcochete, pelo acompanhamento do momento religioso;

– Ao músico Nélio Pinto, pela forma como percebeu o sentimento da nossa população e proporcionou um espectáculo inesquecível;

– À Road Show, pela qualidade do som dos momentos musical e religioso;

– À Inês Rosado, pelo voluntarismo, empenho, disponibilidade e forma incansável na cobertura integral das várias iniciativas que compuseram o programa;

– Aos trabalhadores da Junta de Freguesia, pelo empenho e forma como também sentiram este evento como seu;

– À população do Samouco, a nossa maior riqueza, pelo sentimento, adesão e comportamento manifestado nas diversas iniciativas.

A todos o nosso muito obrigado pela forma como contribuíram para um objectivo comum – elevar o nome do Samouco e das suas tradições.

Para o executivo da Junta de Freguesia do Samouco, foi uma satisfação enorme pensar e assinalar, ainda que de forma diferente, este que consideramos ser um marco na vida das nossas gentes e da nossa vila.

Neste momento de exaltação, dizemos “Que vivam as Festas do Samouco”! Até 2021.

Que vivam as Festas do Samouco!

Hoje daríamos início a mais umas Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo.

Hoje começavam os cinco maiores dias da vila do Samouco.

Hoje, a cultura, a alegria, a diversão, a amizade, as tradições e o convívio estariam nas ruas da nossa vila.

Hoje, esta terra de gente boa, estaria preparada para receber de braços abertos, familiares, amigos e os milhares de visitantes que se juntariam para exaltar as nossas festas.

Mas, hoje, não quisemos deixar de assinalar, ainda que forma diferente, as nossas festas, um marco na vida das nossas gentes e da nossa vila.

Durantes estes dias, com enorme significado, preparámos um programa que simboliza as grandes Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo.

Participe mas, neste momento conturbado que vivemos provocado pela pandemia da doença COVID-19, tenha em consideração as recomendações da DGS – Direcção Geral da Saúde.

Hoje, como sempre, é dia de dizer: “Que vivam as Festas do Samouco!”

Samouco comemora, de forma diferente, as suas Festas Populares

Após a decisão sensata da Associação das Festas Populares do Samouco no cancelamento das Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo, tendo em consideração a imprevisibilidade da evolução da pandemia da doença COVID-19 e o facto de não estarem criadas as condições para sanitárias que evitassem o obrigatório distanciamento social, o executivo da Junta de Freguesia “desafiou” a Igreja Paroquial de São Brás e a Associação de Festas para, em conjunto, preparar um programa que marcasse as nossas festas.

Nesse sentido, e porque consideramos que as Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo, são um marco nas tradições das gentes do Samouco, onde a cultura, alegria, diversão, amizade e convívio são os ingredientes para esta manifestação popular de uma vitalidade ímpar, foi criado um programa diferente, mas de enorme significado, que garante todas as recomendações da Direção Geral da Saúde e que simboliza e assinala as nossas Festas.

Neste momento conturbado e sendo este o programa possível, decerto que, em 2021, regressaremos com mais força, com mais e maior determinação e tradição, para fazer os cinco maiores dias da vida do Samouco.

Este é o programa:

Junta de Freguesia do Samouco

Serviços administrativos da Junta de Freguesia já reabriram ao público

Dando continuidade às medidas de desconfinamento que já estão a ser implementadas por todo o país e também pela Junta de Freguesia, com a reabertura da Biblioteca e do cemitério e a retoma da actividade do Centro de Saúde, que esteve durante cerca de dois meses a funcionar apenas para consultas a possíveis infectados com COVID-19, a Junta de Freguesia informa que já reabriu, também, os seus serviços administrativos ao público.

Com horário de funcionamento todos os dias da semana, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, para aceder a estes serviços a população deve ter em consideração as seguintes medidas:

  • É obrigatório o uso de máscara.
  • É obrigatória a desinfecção das mãos com a solução antissética disponibilizada à entrada.
  • Só é permitida a permanência de uma pessoa de cada vez dentro do edifício.

Esta informação já está afixada nos locais públicos habituais e pode também ser consultada aqui.

Dia Mundial da Criança, uma data de enorme significado

Hoje assinala-se o Dia Mundial de Criança. Hoje, no Samouco, celebraríamos este dia com a abertura da exposição do V Concurso de Desenho – “Samouco nas mãos de uma criança” e com jogos tradicionais. Hoje, no Samouco, a animação, a alegria e os sorrisos eram uma certeza, pois as crianças poderiam brincar juntas.

Hoje, uma pandemia mundial, impossibilita as crianças fazerem a sua vida normal. Hoje, como em todos os dias, devemos refletir sobre os milhões de crianças que ainda continuam a sofrer de maus-tratos, doenças, falta de cuidados médicos, fome, discriminações, sem acesso a uma educação condigna e proibidas de participarem ativamente na sociedade. Hoje, como em todos os dias, devemos ter presente os Direitos das Crianças, que infelizmente continuam a não ser universais e cumpridos. Hoje, como em todos os dias, o afeto, o amor, a compreensão e a verdade que as crianças nos transmitem, são valores únicos que devemos acarinhar e agradecer. Hoje, apesar das injustiças e dos constrangimentos que estamos submetidos, devemos estar felizes porque afinal todos somos crianças.

Hoje é dia de dar um enorme VIVA a todas as crianças da vila do Samouco, do concelho de Alcochete, de Portugal e do Mundo. Como o mundo seria diferente, como o mundo seria melhor, se todos os dias fossem Dia Mundial da Criança!

O Direito das Crianças

Toda criança no mundo Deve ser bem protegida Contra os rigores do tempo Contra os rigores da vida.

Criança tem que ter nome Criança tem que ter lar Ter saúde e não ter fome Ter segurança e estudar.

Não é questão de querer Nem questão de concordar Os diretos das crianças Todos têm de respeitar.

Têm direito à atenção Direito de não ter medos Direito a livros e a pão Direito de ter brinquedos.

Mas criança também tem O direito de sorrir Correr na beira do mar, Ter lápis de colorir…. Ver uma estrela cadente, Filme que tenha robô, Ganhar um lindo presente, Ouvir histórias do avô.

Descer do escorregador, Fazer bolha de sabão, Sorvete, se faz calor, Brincar de adivinhação.

Morango com chantilly, Ver mágico de cartola, O canto do bem-te-vi, Bola, bola, bola, bola!

Lamber fundo da panela Ser tratada com afeição Ser alegre e tagarela Poder também dizer não!

Carrinho, jogos, bonecas, Montar um jogo de armar, Amarelinha, petecas, E uma corda de pular.

Ruth Rocha – Escritora brasileira

Cemitério regressa ao horário normal e Biblioteca reabre a partir de 1 de junho

Cemitério regressa ao horário normal

Dando continuidade às medidas de desconfinamento no âmbito da pandemia COVID-19, e após um período experimental, o executivo da Junta de Freguesia do Samouco decidiu, em reunião realizada no dia 28 de maio, alargar o horário do Cemitério da Freguesia, passando o mesmo a funcionar, a partir do dia 1 de junho, de segunda-feira a domingo, entre as 8h30 e as 17h00.  

Com esta decisão, torna-se necessário criar um conjunto de normas que salvaguardem a segurança de todos aqueles que pretendam aceder a este importante espaço de memória, pelo que se apela à compreensão da população para a obrigatoriedade de cumprimento das mesmas.

Biblioteca da Freguesia do Samouco reabre ao público a 1 de junho 

Também no âmbito das medidas de desconfinamento decorrentes da legislação existente e das orientações da DGS – Direção Geral da Saúde, a Biblioteca da Freguesia do Samouco irá reabrir ao público no próximo dia 1 de junho.

Após cerca de dois meses e meio de interregno, motivado pela necessidade da criação de medidas para responder a uma pandemia de âmbito mundial, o executivo da Junta de Freguesia decidiu, em reunião realizada no dia 21 de maio, reabrir este espaço cultural de extrema importância na nossa vila, definindo um conjunto de medidas que possam garantir a segurança dos trabalhadores e de todos aqueles que pretendam utilizar os serviços que estarão disponíveis.

Junta de Freguesia do Samouco: centro de saúde

Centro de Saúde do Samouco retoma a atividade a partir de 1 de junho

Foi com uma satisfação enorme que recebemos a informação que a Extensão do Centro de Saúde de Alcochete no Samouco irá retomar a atividade e voltar a prestar os seus serviços à nossa população a partir do próximo dia 1 de junho. 

Esta era uma notícia que, há muito, desejávamos receber pois a população do Samouco não poderia continuar a ficar privada, na sua terra, dos cuidados de saúde numas instalações que consideramos de excelência. 

De acordo com a informação do Diretor do ACES Arco Ribeirinho, Dr. Miguel Lemos, esta decisão deve-se à “diminuição do fluxo de utentes que têm procurado os serviços da ADC – Samouco (Área Dedicada de Avaliação de Doentes COVID-19) “, facto este que nos leva a acreditar que os indicadores são, neste momento, bastante positivos relativamente à pandemia da doença COVID-19. 

Aproveitamos para informar que se mantém em funcionamento o ADC de Coina, onde passou a funcionar um posto de colheitas COVID-19, em que será possível aos utentes, após observação, realizar o teste no momento. 


Da parte do executivo da Junta de Freguesia do Samouco, queremos agradecer e reconhecer a forma como a nossa população encarou e reagiu ao facto de ficar privada do normal acesso aos cuidados de saúde e informar que poderá continuar a contar com a nossa colaboração e total empenho para reivindicar e encontrar as melhores soluções na concretização de uma efetiva prestação de cuidados médicos que dê resposta às necessidades dos residentes na vila do Samouco e na defesa dos serviços públicos de saúde de qualidade. 

Junta de Freguesia congratula a ADS pela subida de divisão no escalão de iniciados

No passado dia 18 de maio, o executivo da Junta de Freguesia de Samouco aprovou um voto de congratulação à ADS – Associação Desportiva Samouquense por alcançar a subida à IIª Divisão Distrital no escalão de Iniciados. Este é o resultado da qualidade do trabalho, esforço, persistência, motivação e dedicação demonstrada ao longo da época desportiva.

O executivo da Junta de Freguesia reconhece assim, o trabalho meritório de organização e competência da direção, técnicos, atletas, restante estrutura, bem como o constante apoio dos associados, familiares, adeptos e todos os que possibilitaram atingir este objetivo. Uma palavra também para os restantes escalões, dos mais pequenos aos seniores, que possibilitaram muitas alegrias aos samouqueiros.

Manifestamos o nosso orgulho com os resultados alcançados, deixando votos para que a ADS prossiga o seu trabalho, alcance novos objetivos e que os jovens consigam conciliar o bom desempenho na prática do futebol com o bom desempenho escolar.

Fotografia retirada do Facebook oficial da ADS.

Junta de Freguesia do Samouco: brasão

Cemitério do Samouco reabre com horário reduzido a partir de dia 12 de maio

No âmbito do plano de desconfinamento, a Junta de Freguesia informa que o Cemitério do Samouco abrirá, com horário reduzido, a partir de amanhã, dia 12 de maio. Assim, o cemitério estará aberto de terça a sexta-feira, das 14h30 às 17h00.

Relembramos que é necessário continuar a manter e respeitar as directrizes da DGS – Direcção Geral de Saúde, como tal, apelamos ao respeito e cumprimento das regras de higiene e distanciamento social.