Notícias

Junta de Freguesia do Samouco volta a apoiar no preenchimento e entrega das declarações de IRS

Sendo obrigatória a entrega da declaração de IRS através do Portal das Finanças, pela Internet, e tal como o ano anterior, a Junta de Freguesia do Samouco irá apoiar a população no preenchimento e entrega da referida declaração relativa ao ano de 2018. 

Entre 3 de Abril e 30 de Junho, as pessoas singulares, trabalhadores dependentes, pensionistas e reformados, recenseados na nossa freguesia e titulares dos rendimentos das Categorias A (Trabalho Dependente) e H (Pensões) poderão dirigir-se às instalações da Junta de Freguesia, a fim de serem auxiliados neste processo.

Consideram-se não incluídos neste apoio os titulares que tenham auferido outro tipo de rendimentos, como de Trabalho Independente (regime simplificado, acto isolado ou contabilidade organizada), de Capitais, Prediais (rendas), de Mais-Valias e Outros Incrementos Patrimoniais (títulos de investimento, como acções), de Herança Indivisa ou Obtidos no Estrangeiro.

O apoio será realizado no seguinte horário: de segunda a sexta-feira – das 10H às 12H e das 14.30H às 17H.

Para mais informações, consulte a Junta de Freguesia através do 21 231 5597.

Workshop de Cola Quente – Sala do Coreto

O Centro Comunitário Cais do Sal, em conjunto com a Cercima, promove um Workshop intitulado “Cais Art – Workshop: Cola Quente”, no dia 1 de Abril, das 14h30 às 17h00 na Sala do Coreto, no Samouco.

O Workshop é gratuito, mediante inscrição através do 21 234 03 80 ou através do e-mail caisdosal@cercima.pt.

Junta de Freguesia vai construir alpendre à entrada do Centro de Saúde do Samouco

A Junta de Freguesia irá dotar a entrada do Centro de Saúde do Samouco com um alpendre que pretendemos que seja benéfico para os utentes que, muitos dias, têm de esperar durante a madrugada para conseguir a marcação de consultas.

Esta é uma medida há muito já pensada que, não eliminando na totalidade o problema das esperas para marcações, vem atenuar o desconforto dos utentes.

O início da obra, que terá um prazo de cerca de 15 dias, está previsto para a próxima segunda-feira, dia 19 de Outubro, estando o mesmo dependente das condições climatéricas.

A Junta de Freguesia apela à compreensão dos residentes da zona limítrofe do Centro de Saúde para os constrangimentos adjacentes da realização desta obra, assim como a necessidade de não ocuparem os três lugares de estacionamento que se encontram em frente ao edifício.

Junta de Freguesia exige reforço do policiamento no Samouco

Atentos às preocupações da nossa população, o Presidente da Junta de Freguesia, reuniu hoje, dia 23 de Setembro, com o Comandante do Posto Territorial da GNR em Alcochete, tendo como objetivo analisar problemas de segurança de pessoas e bens que, recentemente, se têm registado na nossa vila e exigir o necessário reforço do policiamento.

Apesar da escassez de meios da GNR que lhe permita efetuar um trabalho mais profícuo, facto este que muito lamentamos, foi-nos garantido irão ser envidados todos os esforços para o reforço da segurança e que todos os assuntos relacionados com os furtos ou roubos estão a ser devidamente analisados.

Porque, desde sempre, temos reivindicado e consideramos de extrema importância a necessidade de um policiamento de proximidade na nossa freguesia, para que se efetive um maior acompanhamento e segurança das pessoas e bens, porque queremos que os problemas que afetam o Samouco tenham uma solução que tarda em se concretizar, a Junta de Freguesia irá solicitar uma audiência ao Sr. Ministro da Administração Interna, no sentido de apresentar as preocupações legítimas da nossa população, solicitar o reforço de meios humanos e materiais e disponibilizar as suas instalações para que o trabalho desenvolvido pelos militares do Posto Territorial da GNR em Alcochete possa ser mais incisivo e eficaz.

A população poderá continuar a contar com o trabalho reivindicativo do executivo da Junta de Freguesia, tendo como propósito servir melhor a causa comum, para que a nossa vila seja, cada vez mais, um lugar onde continue a dar gosto residir e visitar.

Junta de Freguesia do Samouco cria melhores condições para os clientes com a construção de uma pala no edifício do Mercado Municipal

Considerando que o Mercado Municipal assume extrema relevância na dinâmica do comércio da vila do Samouco e que a sucessiva legislação publicada, por motivos da pandemia da doença da COVID-19, tem limitado o acesso, circulação ou permanência de pessoas em espaços públicos, facto este que, ao longo do tempo, tem provocado diversos constrangimentos no Mercado Municipal, a Junta de Freguesia do Samouco decidiu avançar com a construção de uma pala no exterior do edifício do Mercado Municipal.

Esta intervenção, que visa dar resposta a uma necessidade premente, permitirá criar melhores condições para os clientes do mercado, principalmente quando aguardam no exterior para poderem aceder o edifício, protegendo-os das adversidades meteorológicas.

Apesar dos constrangimentos que a pandemia da doença da COVID-19 tem criado ao normal funcionamento das atividades desenvolvidas, onde os espaços públicos e, consequentemente, o Mercado Municipal não fogem à regra, a Junta de Freguesia continuará a pautar a sua atuação de acordo com a legislação em vigor, envidando todos os esforços para debelar as restrições que são impostas.

Junta de Freguesia apoia Grupo Sócio Caritativo com bens alimentares

Tendo como objetivo dar resposta a uma necessidade premente por parte do Grupo Sócio Caritativo da Paróquia de São Brás de Samouco e atendendo ao agravamento dos problemas sociais e das condições das famílias, a Junta de Freguesia, com o apoio da Monte D’Alva – Alimentação, SA, forneceu 320 latas de salsichas que irão integrar o cabaz mensal das 46 famílias que atualmente recebem este importante contributo.

Consideramos que, com este “pequeno” gesto, continuamos a contribuir para minimizar o agravamento das situações de carência alimentar que, desde a pandemia da COVID-19, têm registado um aumento.

De destacar o importante trabalho desenvolvido, desde o ano 2011, pelos voluntários que integram Grupo Sócio-Caritativo da Paróquia de São Brás de Samouco, num elevado espírito de missão, responsabilidade e de uma dedicação que deve todos devemos reconhecer, ajuda de forma exponencial a população carenciada da nossa freguesia.

Associação Desportiva Samouquense celebra 55º aniversário e Junta de Freguesia atribui subsídio extraordinário

No dia 15 de agosto de 1965 nascia a Associação Desportiva Samouquense, uma coletividade eclética que, desde sempre, tem dedicado a sua atividade ao desporto e cultura e contribuído fortemente para a história, desenvolvimento e promoção da nossa vila, facto este que muito nos orgulha.

Uma coletividade que, graças ao esforço, dedicação e persistência de mulheres e homens, tem conseguido alcançar os seus objetivos através da promoção de hábitos saudáveis na prática das atividades desportivas e culturais, de forma intensa e de uma vitalidade invejável.

Reconhecendo a extrema importância da atividade desenvolvida pela ADS e tendo em consideração as dificuldades em manter as mesmas, motivadas pela pandemia da COVID-19, a Junta de Freguesia, nas comemorações do aniversário atribui um subsídio extraordinário no valor de 750€ que, adicionados aos 1.680€ concedidos anualmente, decerto contribuirá para a continuidade de um trabalho que consideramos meritório e competente. No passar do 55º aniversário, o executivo da Junta de Freguesia do Samouco reconhece e agradece à direção, técnicos, professoras e professores, praticantes, estrutura de apoio, associados, familiares, adeptos e todos os que possibilitam manter e incrementar a atividade do nosso clube, manifestando um orgulho imenso com o trabalho desenvolvido.

Parabéns à Associação Desportiva Samouquense!

Junta de Freguesia inicia remodelação paisagística da entrada principal do cemitério

Tendo como objetivo dar maior dignidade à entrada principal do cemitério, a Junta de Freguesia encontra-se a proceder à remodelação paisagística do espaço exterior daquele que consideramos um local de extrema importância da nossa vila.

Esta é uma obra que surge na sequência das diversas intervenções que têm sido efetuadas no interior do cemitério, com especial ênfase para a limpeza das ervas e remoção de entulhos.

Com a presente remodelação paisagística prevê-se alargar o espaço de passeio, substituir as espécies arbóreas e o canteiro e reforçar o número de bancos.

Junta de Freguesia inicia execução de três passadeiras sobrelevadas

Tendo como objetivo a salvaguarda dos níveis de segurança e o aumento da qualidade de vida na nossa vila, a Junta de Freguesia iniciou os trabalhos de execução de 3 passadeiras sobrelevadas, em calçada grossa de granito e calcário, nos seguintes locais:

– Praça José Coelho

– Alameda da Praia

– Rua da Quinta da Praia

Esta intervenção visa ainda impor fisicamente a redução da velocidade, facilitando o tráfego pedonal. De destacar ainda que, relativamente à intervenção prevista para a Alameda da Praia, cria-se uma passadeira que permitirá efetuar o atravessamento do caminho pedonal para a zona desportiva em condições de segurança.

Junta de Freguesia melhora espaço exterior da Igreja de São Brás

Após cerca de dois anos, em que foram executadas as pinturas dos muros da igreja, da zona da sacristia e da parte a tardoz da Igreja de São Brás, a Junta de Freguesia volta a intervir neste monumento de importância extrema da vila do Samouco, uma medida que se enquadrou no programa simbólico de comemorações das Festas Populares do Samouco 2020.

Desde final do mês de junho foram executados um conjunto de intervenções, de onde se destacam a limpeza das pedras, a pintura dos muretes, da rampa de acesso e dos vasos e a colocação de plantas, que visaram melhorar o aspeto exterior da Igreja de São Brás.

No âmbito destas intervenções foi ainda solicitado à Câmara Municipal a necessária intervenção na reparação dos projetores, que permitirá iluminar e destacar toda a beleza exterior da nossa igreja. 

De forma diferente, Festas Populares tiveram um enorme significado para a população

Quando, no final do mês de maio, a Junta de Freguesia “desafiou” a Igreja Paroquial de São Brás e a Associação de Festas Populares do Samouco para assinalar as Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo, tínhamos a consciência plena que, apesar dos constrangimentos existentes, não poderíamos deixar “passar em claro” esta celebração de um significado ímpar para a nossa população.

Para a Junta de Freguesia, foi um grande orgulho a forma peremptória como as entidades parceiras acolheram de braços abertos o “desafio” colocado e entenderam a importância do mesmo.

Durante, cerca de um mês, colocámos “mãos-à-obra” e desenhámos, sempre em estreita colaboração, um pequeno programa que procurasse marcar, de forma muito digna, as nossas Festas.

Ao longo destes cinco dias, aqueles que continuamos a considerar os maiores da vida do Samouco, pudemos constatar um sentimento indescritível, visível nos rostos da nossa população, bem patente pela forma como aderiu às diferentes iniciativas que integraram o programa.

Sentimento indescritível, quando olhámos para a alegria daqueles que estiveram presentes aquando a iluminação da Igreja de São Brás.
Sentimento indescritível, quando constatámos a alegria, a emoção, o “arrepio no corpo” e a lágrima ao canto do olho daqueles que, de forma ordeira, nas varandas, janelas, portas, em todas as ruas e praças do Samouco, dançaram, pularam e aplaudiram o momento musical que preparámos para a noite de Sábado.
Sentimento indescritível, na forma empenhada das gentes que prepararam o momento religioso e naqueles que, apesar do intenso calor que se fez sentir, não deixaram de marcar presença na missa solene em Louvor de Nossa Senhora do Carmo, que encheu a nossa Praça da República na manhã de domingo.

Neste momento de balanço, não podemos deixar de agradecer:
– Aos elementos da Associação de Festas Populares do Samouco, pela forma como integraram esta parceria e na colaboração no momento religioso;

– À Igreja Paroquial de São Brás, na pessoa do nosso pároco Jorge Lages de Almeida, colaboradores dos grupos afectos à igreja, pela forma como integraram a parceria, como preparam e proporcionaram um momento religioso único;

– À Câmara Municipal de Alcochete, pela cedência de baias e pela emissão da licença especial de ruído para o momento musical e do edital de alteração do trânsito;

– À Câmara Municipal da Moita, pela cedência e montagem da estrutura de apoio ao momento religioso;

– A sua Excelência Reverendíssima, o Sr. Dom José Ornelas, Bispo de Setúbal e Presidente da Conferência Episcopal, pela forma imediata como aceitou o convite e presidiu ao momento religioso;

– À GNR, pelo acompanhamento dos momentos musical e religioso;

– À Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alcochete, pelo acompanhamento do momento religioso;

– Ao músico Nélio Pinto, pela forma como percebeu o sentimento da nossa população e proporcionou um espectáculo inesquecível;

– À Road Show, pela qualidade do som dos momentos musical e religioso;

– À Inês Rosado, pelo voluntarismo, empenho, disponibilidade e forma incansável na cobertura integral das várias iniciativas que compuseram o programa;

– Aos trabalhadores da Junta de Freguesia, pelo empenho e forma como também sentiram este evento como seu;

– À população do Samouco, a nossa maior riqueza, pelo sentimento, adesão e comportamento manifestado nas diversas iniciativas.

A todos o nosso muito obrigado pela forma como contribuíram para um objectivo comum – elevar o nome do Samouco e das suas tradições.

Para o executivo da Junta de Freguesia do Samouco, foi uma satisfação enorme pensar e assinalar, ainda que de forma diferente, este que consideramos ser um marco na vida das nossas gentes e da nossa vila.

Neste momento de exaltação, dizemos “Que vivam as Festas do Samouco”! Até 2021.

Que vivam as Festas do Samouco!

Hoje daríamos início a mais umas Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo.

Hoje começavam os cinco maiores dias da vila do Samouco.

Hoje, a cultura, a alegria, a diversão, a amizade, as tradições e o convívio estariam nas ruas da nossa vila.

Hoje, esta terra de gente boa, estaria preparada para receber de braços abertos, familiares, amigos e os milhares de visitantes que se juntariam para exaltar as nossas festas.

Mas, hoje, não quisemos deixar de assinalar, ainda que forma diferente, as nossas festas, um marco na vida das nossas gentes e da nossa vila.

Durantes estes dias, com enorme significado, preparámos um programa que simboliza as grandes Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo.

Participe mas, neste momento conturbado que vivemos provocado pela pandemia da doença COVID-19, tenha em consideração as recomendações da DGS – Direcção Geral da Saúde.

Hoje, como sempre, é dia de dizer: “Que vivam as Festas do Samouco!”