Etiqueta: covid-19

JUNTA DE FREGUESIA ATRIBUI SUBSÍDIO EXTRAORDINÁRIO À ADS, NO VALOR DE 1.000€, PARA REALIZAÇÃO DE TESTES À COVID-19

Tendo por base a Orientação n.º 36/2020 de 25 de agosto, atualizada a 17 de abril de 2021, emitida pela Direção Geral de Saúde, no que concerne ao regresso aos treinos e competição em segurança, minimizando os riscos de transmissão do SARS-CoV-2, e a importância da retoma da atividade desportiva, o executivo da Junta de Freguesia do Samouco resolveu atribuir um subsídio extraordinário, no montante de 1.000€ à Associação Desportiva Samouquense para fazer face às despesas com a realização de testes laboratoriais para SARS-CoV2 aos praticantes das diversas equipas de futebol, equipas técnicas e demais intervenientes.

Reconhecendo a extrema importância da atividade desenvolvida pela Associação Desportiva Samouquense, e tendo em consideração as dificuldades na sua retoma, motivadas pela pandemia da COVID-19, a Junta de Freguesia considera este apoio de extrema relevância, pois veio possibilitar dar cumprimento ao ponto n.º 23 da citada orientação, que tornou obrigatória a apresentação de um resultado negativo num teste laboratorial para SARS-CoV-2 , nas 72 horas anteriores ao início da atividade, permitindo assim dar continuidade a um trabalho meritório e competente.

Junta de Freguesia do Samouco coloca dispensador de álcool gel junto ao multibanco

Tendo em consideração as medidas de combate à pandemia da COVID-19, a Junta de Freguesia passou a disponibilizar um dispensador com solução desinfetante à base de álcool junto ao terminal de multibanco existente na vila do Samouco.

Considerando este um equipamento de forte probabilidade de propagação do vírus, pretende-se com esta medida contribuir para a proteção de todos os utilizadores possibilitando que possam desinfetar as mãos antes e depois de usar o terminal de multibanco.

O dispensador será reabastecido regularmente pela Junta de Freguesia do Samouco.

Informação: normas de acesso ao cemitério de 31 de Outubro a 2 de Novembro

A Junta de Freguesia, de forma a mitigar os riscos de propagação de COVID-19 durante os próximos dias, devido à afluência de pessoas ao cemitério pelo Dia dos Finados, divulga uma série de normas que deverão ser cumpridas no acesso ao espaço, de 31 de Outubro a 2 de Novembro:

  • Horário de funcionamento do cemitério: 8h30 às 17h00.
  • Só é permitida a permanência de 2 pessoas por campa, em simultâneo, excepto se forem coabitantes.
  • São proibidos aglomerados de mais de 5 pessoas.
  • Só é permitido o acesso de 40 pessoas em simultâneo, no interior do cemitério (excepto se houver realização de serviços fúnebres).
  • Não é permitida a entrada na capela.
  • É obrigatório o uso de máscara e recomendado o distanciamento.
  • É disponibilizado álcool-gel à entrada, para higienização das mãos.
  • A partilha de equipamentos e materiais de limpeza está proibida.

A Junta de Freguesia apela à compreensão de todos e pede que as medidas sejam respeitadas, para garantia da segurança de todos nestes tempos difíceis.

Esta informação já está afixada nos locais públicos habituais, mas pode também consultá-la aqui.

Que vivam as Festas do Samouco!

Hoje daríamos início a mais umas Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo.

Hoje começavam os cinco maiores dias da vila do Samouco.

Hoje, a cultura, a alegria, a diversão, a amizade, as tradições e o convívio estariam nas ruas da nossa vila.

Hoje, esta terra de gente boa, estaria preparada para receber de braços abertos, familiares, amigos e os milhares de visitantes que se juntariam para exaltar as nossas festas.

Mas, hoje, não quisemos deixar de assinalar, ainda que forma diferente, as nossas festas, um marco na vida das nossas gentes e da nossa vila.

Durantes estes dias, com enorme significado, preparámos um programa que simboliza as grandes Festas em Honra de Nossa Senhora do Carmo.

Participe mas, neste momento conturbado que vivemos provocado pela pandemia da doença COVID-19, tenha em consideração as recomendações da DGS – Direcção Geral da Saúde.

Hoje, como sempre, é dia de dizer: “Que vivam as Festas do Samouco!”

Junta de Freguesia reforça informação: #fiqueemcasa

A Junta de Freguesia do Samouco reforçou hoje a informação da campanha que iniciou há três semanas atrás, com o objectivo de informar e consciencializar a população para os cuidados e precauções a ter durante esta pandemia do COVID-19.

Nesse seguimento procedeu à produção de três faixas, colocadas em diferentes locais da vila, para reforçar que a Junta de Freguesia está disponível a ajudar nestes tempos difíceis. Assim, para todos aqueles dentro do grupo de risco (+ 65 anos) ou para aqueles com dificuldades de locomoção/mobilidade e que não tenham familiares que possam auxiliar, a Junta de Freguesia disponibiliza-se para:

  • Fazer a ponte entre o utente e o Centro de Saúde de Alcochete, no pedido de receituário.
  • Ir buscar à farmácia, às mercearias e estabelecimentos da vila com serviço de take-away os bens necessários (medicamentos e alimentação).

A Junta de Freguesia refere, igualmente, que esta campanha começou há três semanas com apenas uma mercearia e um restaurante aderente mas que já reabriram outros estabelecimentos com serviço de take-away que a população poderá usufruir.

Esta campanha destina-se a apelar ao confinamento de todos, excepto para as deslocações necessárias, enquanto se mantiver o estado de emergência no nosso país.

Junta de Freguesia do Samouco: centro de saúde

NOVAS INFORMAÇÕES: Junta de Freguesia já se reuniu com ACES Arco Ribeirinho

A Junta de Freguesia do Samouco reuniu, esta manhã, com o ACES Arco Ribeirinho e representantes do Centro de Saúde de Alcochete, com vista a procurar esclarecimentos e soluções para o encerramento do Centro de Saúde do Samouco, que é agora (e apenas) Centro de Avaliação e Tratamento de doentes COVID-19.

A Junta de Freguesia foi assim informada que os motivos para a escolha do nosso Centro de Saúde para ser este Centro de Avaliação e Tratamento de doentes COVID-19 da região de Montijo e Alcochete se deve às condições do espaço, à segurança dos profissionais de saúde e dos utentes, e também por orientações superiores.

Voltamos a lamentar o facto de nunca a Junta de Freguesia ter sido informada à priori desta decisão, assim como não fora informada do encerramento sem aviso prévio do Centro de Saúde dias antes. Apresentámos também o nosso desagrado com a escolha deste local, essencial à população da nossa vila, pela sua localização no núcleo populacional e por existirem utentes que ficam, assim, privados de cuidados básicos que necessitam, muitos até semanalmente.

Apresentámos também soluções, como a utilização de espaços desportivos e culturais nos concelhos de Alcochete e do Montijo, que não prejudicariam a população do Samouco e o seu acesso a estes cuidados de saúde. A Junta de Freguesia sabe da importância da criação destes centros de controlo da pandemia, mas não está de acordo com a escolha do local por parte do ACES Arco Ribeirinho e manifestou-o por diversas vezes.

Fomos, contudo, informados de que não está pensada nenhuma alternativa ao nosso Centro de Saúde.

Nesse sentido, a Junta de Freguesia dispobilizou-se desde logo a cooperar e procurar soluções para amenizar os constrangimentos que esta decisão traz à nossa população. Como tal, uma vez que nem todas as consultas no Centro de Saúde de Alcochete serão presenciais mas sim via telefónica, a Junta de Freguesia disponibiliza-se a:

1) Recepcionar, via telefone ou e-mail, as necessidades de receituário que existem por parte da população e fará a ponte entre o utente e o Centro de Saúde de Alcochete, pensando no caso daqueles que poderão ter mais dificuldades.

2) Digitalizar e enviar para o Centro de Saúde de Alcochete os exames dos utentes, considerando que esta forma é mais fácil do que ditar os resultados pelo telefone, algo que nem todos conseguirão fazer. Depois, o médico entrará em contacto com o utente, por chamada telefónica.

3) No caso de transporte em caso de extrema necessidade, nomeadamente para aqueles que necessitam de se deslocar semanalmente ao Centro de Saúde, a Junta de Freguesia entrou em contacto imediato com a Câmara Municipal de Alcochete para, em conjunto, se conseguir encontrar uma solução de transporte viável para estas pessoas.

Apesar de continuarmos a discordar e ainda não compreendermos os motivos desta decisão, queremos encontrar as melhores soluções para a nossa população, que merece mais consideração por parte das autoridades de saúde. De referir que o Centro de Saúde sempre foi uma preocupação deste executivo e nunca deixámos de reivindicar mais e melhores cuidados de saúde para todos.

Esperamos que, depois do que estão a exigir da população do Samouco, não sejamos esquecidos e possamos, no futuro, ter os cuidados de saúde dignos que a vila do Samouco merece.