Etiqueta: crianças

Parabéns aos nossos artistas!

Realizou-se hoje a cerimónia de abertura e entrega dos prémios da Exposição “Samouco nas Mãos de uma Criança / Samouco em Tempos de Festa”, que contou com a exibição de 170 desenhos das crianças do Jardim de Infância e da Escola Primária do Samouco.

Esta é a uma iniciativa que a Junta de Freguesia tem vindo a fomentar ao longo do último mandato, com o objectivo de incentivar o gosto pelas artes, neste caso pelo desenho e pela pintura. Este ano, colocámos o desafio às crianças de desenharem sobre as Festas Populares do Samouco, tendo sido com grande agrado que vemos, através destas obras-de-arte, a forma como os mais pequenos sentem e veem o Samouco.

A Junta de Freguesia foi o júri, assim como uma professora representante do Agrupamento de Escolas de Alcochete, e foram escolhidos os vencedores sem se saber quem eram as crianças: todos os nossos pequenos grandes artistas assinaram o seu desenho com um nome artístico à sua escolha. O concurso foi dividido entre Jardim de Infância e Escola Primária. A confirmação da identidade da criança só foi feita nesta cerimónia com base numa lista fornecida pelos professores.

Presentes estiveram algumas das crianças participantes e outro público curioso em ver a exposição, a quem agradecemos a presença, e o Prof. Rodolfo Viegas, Director do Agrupamento de Escolas de Alcochete, a quem a Junta de Freguesia agradece a colaboração.

Estes são os desenhos vencedores:

Aqui fica a lista de vencedores:

Fila superior – Jardim de Infância:

  • Desenho da direita – 3º classificado – Nome artístico: Lili – DÂNIA GOMES
  • Desenho da esquerda – 2º classificado – Nome artístico: Beatriz – MELANIE CARRIÇO
  • Desenho do centro – 1º classificado – Nome artístico: Joaninha – MAFALDA MIGUEL

Fila de baixo – Escola Primária:

  • Desenho da direita – 3º classificado – Nome artístico: Body Marly – DIOGO DE ALMEIDA DO CARMO
  • Desenho da esquerda – 2º classificado – Nome artístico: Tayny – JOANA ERVEDOSO DAMIÃES
  • Desenho do centro – 1º classificado – Nome artístico: Kika 91 – ELIANA TAVARES

A Junta de Freguesia entrará em contacto com os vencedores que não estavam presentes para proceder à entrega dos prémios.

A exposição estará aberta até dia 23, durante o horário de funcionamento da Junta de Freguesia.

Galeria de fotografias

Junta de Freguesia oferece livros infantis às 210 crianças dos estabelecimentos de ensino da Vila do Samouco

Com o objetivo de celebrar os valores do Natal junto dos mais pequenos a Junta de Freguesia ofereceu, na passada segunda-feira, 14 de dezembro, livros a todas as crianças que frequentam a Escola Básica e o Jardim de Infância do Samouco.

Porque consideramos o livro a melhor prenda que uma criança pode receber, sendo uma ferramenta fundamental no desenvolvimento cognitivo e na aquisição de conhecimentos, esta é uma iniciativa que, além da sua componente lúdica e pedagógica, visa a promoção de hábitos de leitura e a aprendizagem ao longo da vida.

Embora de forma diferente pois, no presente ano não foi possível realizar a habitual Festa de Natal e o respetivo espetáculo, foi com elevada satisfação que, pelo sorriso estampado no rosto das crianças, constatámos a alegria e a magia desta quadra natalícia, ao mesmo tempo que se incentiva o gosto pelo livro e pela leitura aos mais jovens.

Dia Mundial da Criança, uma data de enorme significado

Hoje assinala-se o Dia Mundial de Criança. Hoje, no Samouco, celebraríamos este dia com a abertura da exposição do V Concurso de Desenho – “Samouco nas mãos de uma criança” e com jogos tradicionais. Hoje, no Samouco, a animação, a alegria e os sorrisos eram uma certeza, pois as crianças poderiam brincar juntas.

Hoje, uma pandemia mundial, impossibilita as crianças fazerem a sua vida normal. Hoje, como em todos os dias, devemos refletir sobre os milhões de crianças que ainda continuam a sofrer de maus-tratos, doenças, falta de cuidados médicos, fome, discriminações, sem acesso a uma educação condigna e proibidas de participarem ativamente na sociedade. Hoje, como em todos os dias, devemos ter presente os Direitos das Crianças, que infelizmente continuam a não ser universais e cumpridos. Hoje, como em todos os dias, o afeto, o amor, a compreensão e a verdade que as crianças nos transmitem, são valores únicos que devemos acarinhar e agradecer. Hoje, apesar das injustiças e dos constrangimentos que estamos submetidos, devemos estar felizes porque afinal todos somos crianças.

Hoje é dia de dar um enorme VIVA a todas as crianças da vila do Samouco, do concelho de Alcochete, de Portugal e do Mundo. Como o mundo seria diferente, como o mundo seria melhor, se todos os dias fossem Dia Mundial da Criança!

O Direito das Crianças

Toda criança no mundo Deve ser bem protegida Contra os rigores do tempo Contra os rigores da vida.

Criança tem que ter nome Criança tem que ter lar Ter saúde e não ter fome Ter segurança e estudar.

Não é questão de querer Nem questão de concordar Os diretos das crianças Todos têm de respeitar.

Têm direito à atenção Direito de não ter medos Direito a livros e a pão Direito de ter brinquedos.

Mas criança também tem O direito de sorrir Correr na beira do mar, Ter lápis de colorir…. Ver uma estrela cadente, Filme que tenha robô, Ganhar um lindo presente, Ouvir histórias do avô.

Descer do escorregador, Fazer bolha de sabão, Sorvete, se faz calor, Brincar de adivinhação.

Morango com chantilly, Ver mágico de cartola, O canto do bem-te-vi, Bola, bola, bola, bola!

Lamber fundo da panela Ser tratada com afeição Ser alegre e tagarela Poder também dizer não!

Carrinho, jogos, bonecas, Montar um jogo de armar, Amarelinha, petecas, E uma corda de pular.

Ruth Rocha – Escritora brasileira

Está escolhido o vencedor do concurso de desenhos do 25 de Abril

Parabéns, Maria Lores e José Erverdoso, o desenho vencedor do concurso de desenhos do 25 de Abril, cujo prémio é um vale de 50€ em compras no comércio local da nossa vila.

Agradecemos a todos os participantes, incluindo os familiares que colaboraram, pela imaginação e criatividade e forma sublime como souberam retratar uma das datas mais importantes da nossa história, o 25 de Abril de 1974.

Estes desenhos ficam para nós uma recordação deste 25 de Abril de 2020, uma celebração diferente desta data, transmitida pelas nossas crianças de um forma tão especial e artística, na certeza de que continuamos a perpetuar e a transmitir os valores de Abril aos mais novos, para que esta data histórica jamais se perca no tempo.

A todos os que participaram, muito obrigada.

Deixamos aqui a galeria com todas as fotografias a concurso.

Igreja de São Brás é iluminada de azul no âmbito da prevenção contra os maus-tratos na infância

No âmbito do mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância, a Junta de Freguesia do Samouco, em parceria com a Paróquia de São Brás, associou-se a esta a iniciativa, iluminando a Igreja de São Brás de cor azul.

A Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) iniciou-se em 1989, na Virgínia, E.U.A., quando uma avó, Bonnie W.Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro “para fazer com que as pessoas se questionassem”. A história que Bonnie Finney contou aos elementos da comunidade, que se revelaram “curiosos”, foi trágica e sobre os maus-tratos à sua neta, os quais já tinham morto o seu neto de forma brutal por espancamento, pela mãe e namorado da mesma. E porquê azul? Porque, apesar do azul ser uma cor bonita, Bonnie Finney não queria esquecer os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos. O azul, que simboliza a cor das lesões, servir-lhe-ia como um lembrete constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus-tratos.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), caracterizam-se como “abusos ou maus-tratos às crianças, todas as formas de lesão física ou psicológica, abuso sexual, negligência ou tratamento negligente, exploração comercial ou outro tipo de exploração, resultando em danos atuais ou potenciais para a saúde da criança, sua sobrevivência, desenvolvimento ou dignidade num contexto de uma relação de responsabilidade, confiança ou poder”. Os maus-tratos constituem-se como grandes problemas para o desenvolvimento das crianças, repercutindo-se ao longo da sua vida.

Com este pequeno gesto, carregado de simbologia, pretendemos consciencializar a comunidade para uma problemática que teima em subsistir e para o seu imprescindível papel na prevenção do abuso e maus-tratos às crianças. Pensamos que o exercício de uma parentalidade positiva, sem recurso à violência verbal ou física é uma prática que nos deve guiar todos os dias.

Junta de Freguesia apoia na impressão de materiais escolares

No âmbito do decreto do Governo sobre a modalidade de ensino à distância no 3.º período lectivo, devido à pandemia do COVID-19, e tendo em conta alguns constrangimentos que possam surgir por parte dos encarregados de educação, a Junta de Freguesia criou um serviço de apoio aos estudantes residentes na Vila do Samouco, imprimindo gratuitamente os materiais escolares/documentos que os professores possam requerer.

Para solicitar este serviço deverá enviar um e-mail com a informação do aluno (nome, nº cartão cidadão e morada), número de telemóvel de contacto e os ficheiros que pretende imprimir, para o seguinte endereço: geral@jf-samouco.pt.

Para qualquer esclarecimento adicional, ligue 21 231 55 97.

Mais um ano em que a folia foi rainha – Galeria de Fotografias

No passado dia 21 de Fevereiro as ruas do Samouco viveram um clima de grande animação e folia com o desfile de Carnaval das crianças do Jardim de Infância, da Escola Básica e do CENSA.

Uma iniciativa organizada pela Junta de Freguesia de Samouco e pelo Agrupamento de Escolas de Alcochete, que permitiu às crianças e a todos que se associaram uma diversão constante, transformando o Samouco num colorido único, com muita animação e folia.

A Junta de Freguesia agradece a todas as Professoras, Educadoras, Pessoal Auxiliar dos estabelecimentos de ensino e do CENSA, aos pais e familiares das crianças, à Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense, pela cedência das suas magníficas instalações, aos trabalhadores da Câmara Municipal de Alcochete, pelo apoio logístico, à GNR, pelo apoio prestado na segurança do evento e ao Sérgio Lobo, pela sua disponibilidade em, uma vez mais, fazer a animação musical.

Um agradecimento especial a todas as crianças que desfilaram, pela animação, pelos trajes, pela cor e pela alegria.

Que a nossa vila do Samouco continue a ser Carnaval!!!

Samouco volta a comemorar o Carnaval com desfile das crianças

No próximo dia 21 de Fevereiro, pelas 10 horas, as ruas do Samouco voltam a acolher as crianças do Jardim de Infância, da Escola Básica e do CENSA, para mais um desfile de Carnaval onde a animação, a folia e um colorido único estão garantidos.
Numa organização conjunta da Junta de Freguesia do Samouco e do Agrupamento de Escolas de Alcochete, esta será mais uma iniciativa que procurará manter as tradições carnavalescas do Samouco, dando assim início à folia que continuará nos grandiosos bailes que irão realizar-se nas noites de 21, 22 e 24 de Fevereiro nas magníficas instalações da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense.
Participe e venha brincar ao Carnaval.

Crianças apelam à Não Violência nas Escolas e no Desporto

O Estádio do Grupo Desportivo Alcochetense foi palco, no dia 14 de Fevereiro, de uma acção de sensibilização, através da construção de uma mensagem pela “Não à Violência nas Escolas e no Desporto”, iniciativa promovida pela Secção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário, do Destacamento Territorial do Montijo da Guarda Nacional Republicana, a qual a Junta de Freguesia de Samouco se associou.

A iniciativa contou com a presença de alunos das diversas escolas do concelho de Alcochete que, formaram uma grande e excelente moldura humana para assinalar esta importante causa, visando reforçar, de forma positiva e inequívoca a toda a comunidade, a atenção e empenho na construção do caminho para uma melhor integração no meio escolar, onde nenhum aluno, jogador ou adepto ficará excluído, potenciando desta forma a construção e manutenção da paz social.

A realização deste evento, surge na sequência de um trabalho conjunto que tem sido realizado, com o objectivo de existirem melhores respostas aos alunos e comunidade escolar, na prevenção da violência escolar, bem como no desporto, procurando fomentar comportamentos mais cívicos e correctos nas suas vivências escolares e desportivas, onde o Fair Play deve ser um sentimento a fomentar, onde o grito de vitória, ou o desânimo de derrota, nunca poderão, sob qualquer emoção, traduzir-se em acções de violência.

A Junta de Freguesia agradece a todos que tornaram possível este evento que, estamos certos, marcará a comunidade escolar que a ele se associou de forma entusiasta.