Etiqueta: cultura

Margarida de Papelão encanta na sua inauguração – Até dia 24 de Novembro

Dando continuidade ao trabalho de promoção da cultura, desta vez através do artesanato, no passado dia 17 de Novembro o Salão Nobre da Junta de Freguesia acolheu, num clima de alegria e surpresa para todos aqueles que marcaram presença, a exposição Margarida de Papelão.
Uma exposição que está, pela primeira vez, patente ao público e que apela para a importância da reciclagem de materiais, especialmente do papelão, encantou os presentes despertando-lhes sentimentos únicos.
Aproveite para descobrir este magnífico mundo de Margarida de Papelão até este domingo, dia 24 de Novembro.
Contamos consigo!

Exposição “Margarida de Papelão” – de 17 a 24 de Novembro na Junta de Freguesia

Continuando o trabalho de promoção do artesanato, o Salão Nobre da Junta de Freguesia do Samouco recebe, de 17 a 24 de Novembro, a exposição “Margarida de Papelão”, de Paula Margarida Pimentel.

A exposição, que apela para a importância da reciclagem e onde os materiais ganham vida num mundo de fantasia, poderá ser visitada nos dias de semana das 10h00 às 12h00 e das 14h30 às 17h00, sábado e domingo das 15h00 às 18h00.

Sendo esta a primeira vez que esta exposição estará aberta ao público, não pode deixar de ser motivo de orgulho para a Junta de Freguesia o facto da artesã pretender dar a conhecer o seu trabalho na nossa vila.

Uma exposição que, decerto, não vai querer perder.

Esperamos por si!

Exposição dos 70 anos da Escola Básica do Samouco

A grande maioria da população do Samouco tem boas recordações deste espaço. A Escola Básica tem acompanhado gerações de samouqueiros e mantém-se o símbolo da educação na nossa freguesia, 70 anos depois. Hoje são os nossos filhos e netos que aprendem neste espaço de excelência.

Em honra da nossa Escola Básica é tempo de recordar.

Por isso convidamos toda a população a estar presente na inauguração da Exposição Comemorativa dos 70 anos da Escola Básica do Samouco “O que fomos e o que somos!”, dia 10 de Setembro, pelas 17h30, no recinto da Escola, uma organização e produção do Agrupamento de Escolas de Alcochete e da Junta de Freguesia do Samouco, com objectos, fotografias e memórias que foram recolhidos das próprias pessoas que já frequentaram este estabelecimento de ensino.

Um regresso às memórias que deram vida a este importante espaço de educação, de formação, de promoção de consciência ambiental, de adopção de hábitos saudáveis, de preservação das tradições culturais e de desenvolvimento de projectos da nossa freguesia, que hoje serve de espaço de ensino das nossas gerações futuras.

Não falte. Esperamos por si!

Exposição e entrega de prémios da IVª Edição do Concurso de Desenho “Samouco nas mãos de uma criança” realizou-se no dia 31 de Maio

Foi com uma imaginação e criatividade magníficas que as cerca de 170 crianças concorrentes apresentaram os seus desenhos à IVª edição do Concurso de Desenho “Samouco nas mãos de uma criança”, cuja exposição e entrega de prémios se realizou no passado dia 31 de Maio, no Salão Nobre da Junta de Freguesia.

Sob o tema “Um olhar sobre a obra de Marcelino Vespeira”, artista gráfico pintor, que nasceu no Samouco em 9 de Setembro de 1925, as crianças do Jardim de Infância e da Escola Básica do Samouco souberam, de forma sublime e surpreendente, interpretar e retratar a obra daquele que foi considerado um dos maiores artistas contemporâneos portugueses, passando com elevada distinção o desafio que lhes foi colocado.

Como referiu Pedro Ferreira, Presidente da Junta de Freguesia, “esta é uma exposição que mostra que o Samouco tem verdadeiros artistas”, tendo a certeza que “Marcelino Vespeira muito se orgulharia de ver a forma como as nossas crianças retrataram a sua obra”.

Considerou ainda que “neste concurso o grande vencedor foi o Samouco e a Junta de Freguesia por ficar na posse destes trabalhos sublimes”.

O executivo agradece a colaboração do Agrupamento de Escolas de Alcochete, das educadoras, professoras e pessoal auxiliar e, principalmente, o empenho e dedicação de todas as crianças concorrentes.

Esta será uma exposição que não vai querer perder, até ao dia 14 de Junho, aberta nos dias úteis, onde poderá desfrutar de momentos de cultura únicos.

Exposição “Brinquedos de Folha com História” na Junta de Freguesia

De 4 a 17 de Maio, no Salão Nobre da Junta de Freguesia do Samouco, será possível ver a exposição de Hélder Esdras Martins “Brinquedos de Folha com História”, cuja inauguração será já no sábado, dia 4, pelas 15h30.

A exposição poderá ser visitada nos dias de semana das 10h00 às 12h00 e das 14h30 às 17h00 e aos sábados e domingos das 14h30 às 18h00.

Esperamos por si!

Exposição de Artistas Plásticos Cubanos na Junta de Freguesia do Samouco

Abre no sábado, dia 19, pelas 21h00, a Exposição Marti na Plástica Cubana, no Salão Nobre da Junta de Freguesia com a mostra de trabalhos de artistas plásticos cubanos, esta que é uma iniciativa da Embaixada de Cuba em Portugal e da Junta de Freguesia do Samouco.

A partir das 21h30 haverá um debate intitulado “José Marti e a Cuba de Hoje”, com a presença da Embaixadora de Cuba em Portugal, Mercedes Martinez e também o Presidente da Associação Portuguesa José Marti, Celino Cunha Vieira.

É para nós um grande prazer receber esta exposição demonstrativa do espírito artístico e cultural dos cubanos, assim como é com muito gosto que recebemos nas nossas instalações a Embaixadora de Cuba e o Presidente da Associação Portuguesa José Marti.

Convidamos todos a estarem presentes nesta exposição de interculturalidade.

“O Samouco ficou hoje mais rico culturalmente, e a Junta de Freguesia agradece”

Marisa Fina, nossa conterrânea, lançou no dia 21 de Janeiro, pelas 16h00, o seu primeiro livro de poesia, apresentação essa que teve lugar no Salão Nobre da Junta de Freguesia do Samouco.

O lançamento foi um sucesso, como as imagens o comprovam.

O Presidente da Junta de Freguesia, Pedro Ferreira e o secretário, António Almeirim, estiveram presentes na cerimónia, fazendo questão de referir a importância que este tipo de iniciativas tem para o enriquecimento cultural da nossa freguesia.

Em meu nome pessoal e do executivo da Junta de Freguesia de Samouco, quero agradecer a vossa presença nesta manifestação de cultura que hoje temos o prazer de assistir.

São este tipo de acontecimentos que também marcam a vida de uma terra e, como tal, não poderia a Junta de Freguesia deixar de se associar a este concretizar de um sonho da Marisa Fina: lançar um livro.

No entanto e arriscando a minha análise, neste seu primeiro livro a Marisa usa, como base da sua poesia, a sua experiência de vida, os seus valores morais, as suas dúvidas e certezas, os seus medos e ânsias. Em cada um dos poemas é-nos dado a conhecer os pensamentos que a habitam, que são, no essencial, a sua realidade.

Numa poesia acessível, mas sem o uso de formas simplistas ou desprovidas de sentido, encontramos a génese da autora, mulher, filha, mãe e amante da vida, como se cada poema fosse uma peça de puzzle e o livro uma imagem, que nos oferece, de si própria.

No fundo, e para quem ler com atenção, cada poema não é mais que um elo de ligação entre a Marisa e aqueles que lhe estão mais próximos, com especial relevo para a filha.

Escrever é respirar, é ter esperança, e é isso que a Marisa nos transmite neste livro.

Apreciem, pois este Dum Spiro Spero, este “colar de pedras preciosas”, lapidadas por esta mulher, esta poetisa, esta mãe que ama a sua filha, que hoje concretiza um sonho e a quem me orgulho de chamar amiga.

O Samouco ficou hoje mais rico culturalmente, e a Junta de Freguesia agradece.

Obrigado Marisa.

Dum Spiro Spero

Enquanto respirares, continua a ter esperança.”

Palavras do Presidente da Junta de Freguesia, Pedro Ferreira

À Marisa, o executivo da Junta de Freguesia deseja as maiores felicidades e muito sucesso na área literária, percurso que agora se inicia.

A todos os presentes, o nosso agradecimento público pelo apoio dado à vertente cultural da nossa terra. Que iniciativas destas se repitam e que o Salão Nobre continue a estar cheio.

A Junta de Freguesia do Samouco